Anuncio 2
Senado Federal

Cleitinho critica participação de Dirceu em sessão de defesa da democracia

Durante pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (3), o senador Cleitinho (Republicanos-MG) criticou a participação do ex-deputado e ex-minist...

03/04/2024 17h20
Por: Redação
Fonte: Agência Senado
 - Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
- Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Durante pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (3), o senador Cleitinho (Republicanos-MG) criticou a participação do ex-deputado e ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, em sessão especial em defesa da democracia realizada no Senado na terça-feira (2).

José Dirceu compareceu à sessão a convite do líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP). A homenagem também contou com a participação de Maria Thereza Goulart, ex-primeira-dama do Brasil; João Vicente Goulart, filho mais velho de Jango e presidente-executivo do Instituto João Goulart, entre outros convidados.

— Eu queria dar um recado para o José Dirceu, falar para ele que é importante demais a gente defender a democracia. Mas vamos fazer uma sessão especial também para a gente defender a honestidade, para a gente poder combater a corrupção — afirmou.

Cleitinho ressaltou que, depois de ter o mandato cassado pela Câmara dos Deputados por quebra de decoro parlamentar em 2005, em decorrência do escândalo do mensalão, José Dirceu foi preso quatro vezes, sendo solto em 2018 por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e tendo as penas reduzidas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2023.

— E está aí o José Dirceu dando discurso aqui falando sobre democracia. Eu queria fazer um desafio para a gente poder fazer uma sessão especial aqui para falar de honestidade e poder combater a corrupção – reforçou Cleitinho.

O senador também defendeu a unificação das eleições e criticou os gastos com o fundo partidário. Ele mencionou ainda a proposta de emenda à Constituição de sua autoria ( PEC 72/2023 ), que livra da incidência do IPVA, em todo território nacional, os veículos terrestres com mais de 20 anos de fabricação. Aprovada pelo Senado em 13 de março, a PEC seguiu para a Câmara dos Deputados.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários