E-mail

marketing.liderfm@gmail.com

WhatsApp

(61) 99321-9363

Anuncio 2
Senado Federal

Laércio defende produção nacional de fertilizantes

O senador Laércio Oliveira (PP-SE) ressaltou, em pronunciamento na quarta-feira (7), a importância estratégica da produção nacional de fertilizante...

08/02/2024 12h08
Por: Redação
Fonte: Agência Senado
9
 - Foto: Roque de Sá/Agência Senado
- Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O senador Laércio Oliveira (PP-SE) ressaltou, em pronunciamento na quarta-feira (7), a importância estratégica da produção nacional de fertilizantes para o desenvolvimento econômico do Brasil. O senador destacou a necessidade de reduzir a dependência do país das importações do insumo para a agricultura. O parlamentar observou a necessidade de implementar o Plano Nacional de Fertilizantes, que, segundo ele, vai proporcionar uma análise abrangente do setor, além de estabelecer metas para aumentar a produção nacional.

— Está claro que o foco do plano é a produção de fertilizantes em território nacional, buscando reduzir a escassez do produto devido a falhas nas cadeias de suprimento e volatilidade de preços. Fertilizante no Brasil é questão de soberania nacional e segurança alimentar. É inadmissível o Brasil ter um setor agrícola tão grandioso e conviver com essa vulnerabilidade — alertou.

O senador também enfatizou a necessidade de o Brasil ter uma política pública voltada para o aumento da produção de fertilizantes, visando garantir a competitividade do país. Ele apontou a importância de oferecer gás natural a preços competitivos, alinhados aos praticados por países exportadores de fertilizantes, como forma de atrair investimentos para a construção de novas instalações industriais.

— A Petrobras, apesar de ter inserido o plano estratégico a retomada de atuação na produção de fertilizantes, não demonstra ter o menor apetite para desenvolver, de fato, um programa de fertilizantes no Brasil. Há vários anos, pôs em hibernação as três fábricas de fertilizantes que operava e, depois, abandonou as obras da Unidade 3, em flagrante descaso com os recursos públicos. Tudo nos leva a crer que esses movimentos são tentativas de lançar uma nuvem de fumaça com o objetivo de desviar o foco das discussões sobre a questão dos fertilizantes e da competitividade da produção nacional — afirmou.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários