• marketing.liderfm@gmail.com
  • (61) 3434.3406 (61) 99321.9363

Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal

  • 1960 - Com o advento da mudança da capital federal para Brasília, e com o que ficou estabelecido a partir da Lei 3.752, de 14 de abril de 1960, que assegurava o direito de continuarem os militares bombeiros a permanecer a Serviço da União, e posteriormente a regulamentação criada através do Decreto-Lei ns 9, de 25 de junho de 1966, foi igualmente disposta a organização do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.

Como o primeiro contingente, oriundo da transferência da capital só chegou em 1964, o serviço de combate aos incêndios em Brasília foi levado a efeito, inicialmente, pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital - NOVACAP, que teve um contingente treinado pelo então Major do Corpo de Bombeiros do antigo Distrito Federal Raimundo. Anos mais tarde, com a criação da Guarda Especial de Brasília - GEB, esse serviço foi assumido por aquela, até a chegada dos bombeiros militares do Rio de Janeiro.

  • 1964 - Embora o Decreto-Lei nº 9, de 25 de junho de 1966 estabelecesse a organização do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal em Brasília, no dia 1º de julho, véspera do Dia do Bombeiro, chegavam em Brasília, no voo 743 da FAB, que partiu às 13:00 horas do Aeroporto Santos Dumont, o Capitão Arlindo Jacarandá e o 1º Tenente Nestor Puga Wanderley, com atribuições para assumir o comando do Corpo de Bombeiros existente em Brasília e preparar o alojamento para os demais integrantes. A 2 de julho era o Capitão Arlindo Jacarandá designado para exercer as funções de Chefe do Corpo de Bombeiros da Guarda Federal de Segurança Pública do DFSP, através da Portaria nº 259, do Exmo. Senhor General Riograndino Kruel, chefe de Polícia do Departamento Federal de Segurança Pública - DFSP.

Fale com a diretoria. Você gostaria de enviar uma mensagem diretamente, com sugestões, ideias ou mesmo críticas?